UOL Esporte

Vídeo de crianças lutando MMA causa polêmica na Inglaterra

UOL Esporte

Crédito: Reprodução

Um vídeo de crianças lutando em um octógono tem causado polêmica na Inglaterra. Os 'lutadores'' aparentam ter cerca de oito anos e não estão usando máscaras ou qualquer outro tipo de proteções contra golpes. A luta dura dez minutos e é acompanhada por uma plateia em grande número, além de contar até com a presença de uma ring girl no intervalo de cada assalto.

A associação de médicos britânica condenou o evento – que disponibilizou médicos para cuidar das crianças -, mas o organizador do evento, Steven Nightingale, defende a iniciativa e comemora o sucesso do confronto. “Tudo é baseado nas artes marciais. Os garotos não podem ser atingidos enquanto são menores de idade. Nós não permitimos alguns golpes. Socos e chutes não podem ser usados até a idade de 14 ou 15 anos'', argumentou Nightingale, lutador profissional de MMA e dono de uma academia onde foi realizado o evento.

Crédito: Reprodução

Uma das crianças é vista chorando durante o combate. “O garoto nunca havia sido derrotado antes, ele é quem vence as medalhas de ouro. Quando perde, é normal que fique emotivo'', disse o organizador.

A associação médica britânica é contra boxe e competições de lutas em octógonos, como o MMA. A entidade também condena o evento infantil: “O exemplo de luta no octógono entre crianças é particularmente perturbador, especialmente porque elas não usavam protetores para a cabeça'', disse um porta-voz.