Blog da Redação do UOL Esporte

Luta de muay thai entre crianças causa polêmica na Austrália

UOL Esporte

 

“As luvas dela eram tão grandes que mais parecia uma briga de travesseiros”, afirmou o ex-campeão de muay thai John Wayne Parr sobre a estreia de sua filha Jasmine, de oito anos, no ringue contra uma menina de apenas sete, como mostra o vídeo do canal australiano Ten (acima).

Jasmine venceu a luta promovida na sede da polícia comunitária de Queensland, na Austrália, e faturou 100 dólares australianos. “Fiquei com medo quando ela ficou chutando minha perna. Mas a vitória me deixou muito feliz, e quero lutar de novo. Quem sabe quando eu tiver dez anos”, comentou a menina após o primeiro triunfo.

As imagens da luta, no entanto, rodaram o país e causaram repercussão negativa, o que levou até a Justiça a investigar o episódio. O governo também anunciou que estuda medidas para regular a prática de artes marciais entre crianças.

O ex-lutador pai da menina chegou a participar de um bate-papo pela internet, onde discutiu com cidadãos horrorizados com o combate mirim. Mas John Wayne Parr se saiu bem com seus argumentos.

“Artes marciais podem ser algo positivo para qualquer cidadão que abra sua mente em vez de ficar em casa, na internet, sem falar com seus filhos”, alfinetou John. “Ela não é uma garota Barbie, não gosta dessas coisas. Ela gosta de curtir com o pai, treinar, sorrir, brincar e se divertir ficando em forma e saudável”, concluiu o pai de Jasmine.

  1. Victor Perez

    17/07/2011 06:48:51

    Todo mundo acha engraçado ver uma menina de 6 anos dançando funks pornográficos ou um moleque de 11 anos falando que gosta de chorar e se vestir de rosa.A garota é uma atleta e um exemplo a ser seguido.

  2. Fuji

    13/07/2011 14:11:01

    Paulo Vitor, voce assistiu "Kung Fu Kid (Karate Kid Remake)? A frase utilizada por Jackie é a mais perfeita de todas: "não exite mau kung fu..."Na verdade artes marciais não são para serem usados de modo violento e sim como defesa e estilo de vida. Claro que as pessoas são más por essencia e somente com um bom caráter é que o abuso não ocorre.

  3. Alexandre

    13/07/2011 13:26:00

    Luto Muay Thai a uns 3 anos, nunca me machuquei. Fui jogar bola no ano passado, quebrei a perna. Hipocrisia pura! ARTES MARCIAIS deveriam ser ensinadas na escola, isso sim.

  4. Junior Tattoo

    13/07/2011 13:25:42

    Acho saudável , e não acredito que incentive a violência fora das competições , visto que, se a criança treinar em um local adequado terá disciplina e confiança para se colocar entre seus amigos sem usar a violência, quem treina é muito mais disciplinado do que as outras pessoas , isso é fato , o problema são as minorias que fazem uma semana de artes marciais e queima o filme de quem se dedica arrumando confusão e aparecendo como "lutador " nas notícias

  5. jonatan guedes

    13/07/2011 12:31:23

    É pelo visto tem muita gente tendo de rever seus conceitos...entra ai na internet e veja alguns videos que falam sobre a ''INFACIA NO TRÁFICO DE DROGAS'' na cidade que muitos dizem que é '' MARAVILHOSA''.Eai quero ver quem vai dizer o que é melhor...treinar desde cedo e sair do mundinho cibernético, ou carregar uma FUZIL FALL...

  6. Earl Uli

    13/07/2011 12:28:01

    Pratico e posso dizer uma coisa: a maioria das crianças que praticam são super educadas e tranquilas. Ambiente que mulheres e crianças frequentam, normalmente, são ambientes respeitáveis. Os valores das pessoas hoje em dia são ridículos. Um jovem pode usar calça apertada rosa e cabelo de menina, mas uma menina não pode praticar muay thai...que é um esporte que só prega o respeito. Aliás, todos os esportes só pregam o respeito. Brutalidade é o absuso infantil, as crianças atirando nas pessoas, crianças roubando, crianças usando crack....uma menina praticamente um esporte como o Muay Thai...é uma coisa bonita de ver. Quando for pai, espero que minha filha treine comigo.

  7. jonatan guedes

    13/07/2011 12:17:28

    Paulo Victor, é isso reclama deles, mas não reclama dos ''MENORES'' que colocam o calibre na sua cara!!!

  8. rodrigo

    13/07/2011 12:16:31

    Me desculpe Paulo Vitor mas não vejo dessa forma. Amigo o problema dos VALENTÕES no colégio não são as artes marciais (que pelo contrario ensinan a disciplina) e sim a educação que essas crianças recebem em casa. Na minha época as crianças que se achavam donas do colegio só sabiam briga de rua. E aí? O que explica?

  9. Paulo Vitor

    13/07/2011 12:06:14

    Acho incrivel que haja pessoas que concordam com isso. Eu quero ver o dia que ela quebrar uma colega de escola o que vao dizer. Eu tinha colegas na quarta serie que lutavam karate, entre eles havia uma menina, e eles principalmente a menina, eram muito folgados viviam batendo nos colegas pra conseguir o que queriam, portanto chega de violencia.

  10. thiago andrade

    13/07/2011 10:18:45

    Ao meu ver, faltou uma maior proteção, a questão peitoral, as "canelas", visto a fragilidade da criança, o nível de proteção deve ser o máximo..esporte é bom em qualquer idade, desde que eduque e proteja.;-)

  11. Marcos

    13/07/2011 10:13:38

    Concordo com o comentário de V. Lima. Quero ver uma dessas meninas sofrer tentativa Bulling na escola...

  12. eder

    13/07/2011 09:43:51

    desde cedo é bom aprender a lutar imagina se ele vem passar férias no Brasil com certeza vai ser assaltado por um negão por ai por isso é bom se defender!!!!

  13. Pedro

    13/07/2011 09:43:05

    Brutalidade???Realmente ainda há Pessoas que são muito Ignorantes, e confundem BRIGA DE RUA com Competição entre esportistas ! elas estavam usando todos os equipamentos necessários para segurança de ambas !Não confundam incentivo ao esporte de combate , com incentivo a Briga !Uma coisa não combina com a outra !Temos que incentivar sim a competição dentro do ringue, como esporte !Não Importando a Idade !

  14. Rodrigo

    13/07/2011 09:37:38

    Bom, tudo começa, quando existe disciplina por parte de quem ensina. O aprendizado de artes marciais, é muito positivo, se trabalha o corpo a mente sua energia entre outros. Diferentemente quem utiliza sua vida para o consumo de drogas no qual distroe vidas e familias. Mas resumindo minha opinião, eu entendo que uma criança pode treinar e desenvolver suas habilidades, mas que essas habilidades não sejam colocadas a prova em um ringue.

  15. Luís

    13/07/2011 09:28:55

    Qual é a brutalidade nisso? Tem equipamentos de proteção, disciplina, tudo necessário. Muitos hipócritas ai dizem a brutalidade disto, salientando que elas competiram por dinheiro, sendo que isto é uma forma de preparação para vida, nem tudo é de graça.Essa luta em questão de lógica, proporciona diversas coisas equivalentes ao xadrez. Se ligem, crianças de 6 anos ja iniciam em alguns esportes, e muitos levam para o resto da vida como hobby ou área profissional.Há a necessidade de rever alguns conceitos, e avaliar a pratica de lutas como desporto, e não violência. Vários citaram acima a disciplina, pensamento rápido, seriedade, determinação, sem falar que é saudável.Então porque uma criança não pode se desenvolver com esta prática, se tem diversos benefícios?O que seria melhor, ficar em casa na frente de um videogame ou computador o dia inteiro que causam maior violência do que o esporte ou fazer da luta um aprendizado?

  16. JR

    13/07/2011 08:12:31

    Bom, esporte é esporte e todos tem riscos. Hipismo, Futebol, Fórmula 1, Paraquedismo...Mas deve ser bem melhor do que fazer as crianças ficarem em casa vendo essas palhaçadas que passam na televisão. Lógico que tem as excessões, quanto a programação da televisão. Quem não quer seu filhos praticando os esportes de luta, que deixem seus filhos vendo BBB, Zorra Total ou novelas, que a coisa que mais mostra, é uma mulher ou homem, cada hora com um parceiro, saindo a primeira vez e ja indo deitar com qquer um. Deve ser isso que quem tem algo contra a luta prefira para seus filhos. Ou entre outros programas que tem baixarias, pense que provavelmente vai ser os padrões de vida que eles levarão para a vida adulta. Ou seja, nao tem base nenhuma para a vida no dia a dia. Pelo menos fazendo um esporte, vai ter uma vida mais saudável. E outra, ir para a escola e receber kit gay, ou ter que escutar, por um projeto de alguem da cúpula do Brasil, que falar que OS LIVRO, está certo, que não se pode corrigir a criança para nao traumátizá-la.

  17. Vinicius Bacelar

    13/07/2011 08:09:09

    Estamos na hora de rever conceitos mesmo! Ninguém observa que crianças jogam futebol, futebol americano e rugby em campinhos de terra, sem equipamentos, sem técnica, sem acompanhamento profissional. Eu nem sei quantos amigos meus já fraturaram ossos jogando futebol na rua. Mesmo assim o povo acha bonito. No Brasil é sonho de criança. Na Autrália joam Rugby, nos EUA futball e não é brutal. A prática de um esporte com técnica e acompanhamento profissional choca. Afirmo que os comentários contrários são de pessoas que não conhecem a arte marcial praticada ou não conhece nenhuma!

  18. Imortal sempre

    13/07/2011 08:02:50

    E eles são considerados desenvolvidos, quem são mesmo os aborígenes nesta história, se fosse na africa, ou em algum pais mulçumano, nossa chamariam de terroristas, animais, sem coração, povo atrasado,Faz muito tempo que caiu a máscara do povo europeu dito primeiro mundo, bando de hipócritas.

  19. CHEGA DE HIPOCRISIA

    13/07/2011 07:46:05

    Melhor lutar e treinar Muay Thai com o pai do que ficar em más companhias. Vocês tem que se preocupar em aumentar a pena para as crianças delinquentes, inclusive para seus pais. Esse pai tá cuidando da sua filha! Vocês cuidam dos seus???

  20. PC

    13/07/2011 07:37:45

    Se for desse jeito então tem que acabar com o Judo, Carate, Taekwondo e Kung Fu, pois todos são lutas

  21. THAI

    13/07/2011 07:19:11

    Quem critica deve tirar a bunda da cadeira e conhecer uma academia de qualquer arte marcial.Provavelmente prefere ver a filha dançando na boquinha da garrafa.

  22. francisco

    13/07/2011 06:44:24

    Acho que poderia ter sido usado mais proteções: de torax, nas pernas, no rosto para evitar que um golpe bem colocado provocasse lesões nos olhos, nariz, estomago, joelhos etc.

  23. Cris

    13/07/2011 06:18:30

    Brutalidade e colocar crianca de 8 anos assistindo programas inuteis de TV, novela e jogar GTA no ps3.Pintar o cabelo ,vestir roupa sexy e dancar funk.Esporte e saude!

  24. Richard

    13/07/2011 05:45:18

    Crime é o que faz o Raul Gil com as nossas crianças.

  25. Elvio

    13/07/2011 02:37:55

    A competição faz bem a qualquer pessoa, não importa a idade. Se você perde, você aprende, se você ganha, aprende também! Quanto antes as crianças aprenderem a lidar com as vitórias e derrotas, mais preparadas elas estarão. A menina é muito boa! Aposto que as pessoas que são contras compram de Natal um kit cozinha da Barbie e colocam a menina para lavar louça depois do jantar, isso sim é tragédia.

  26. Renato

    13/07/2011 00:45:37

    Não vi problema nenhum. Crianças não praticam judô? Também dá pra se machucar praticando judô, de maneira pior até.

  27. LordDarkness

    13/07/2011 00:30:47

    Judo e karate...são consideradas artes marciais...e não lutas...são praticas de defesa e equilibrio da mente... não pregam violencia espontanea... mas superação interior...Moai Tahy já é o tipo de lutas que visa quebrar literalmente o adversario...impedir que o mesmo possa ficar de pé por semanas ou meses...se nao for pior, e nao tem filosofia nenhuma por traz de sua pratica... a nao ser uma luta de gladiadores numa arena...

  28. Bruno

    12/07/2011 23:59:06

    Igor , brutalidade eh saber que existem pessoas ignorantes igual voce.

  29. Janjão o grandão

    12/07/2011 23:52:46

    Tem gente que tem m3%3@ na cabeça...tremenda brutalidade...enfim...outras lutas marciais tem proteção corporal

  30. Marcos

    12/07/2011 23:48:20

    Gente, acorda! O esporte é bom, e faz bem para a saude! Mas O problema nao é aprender o esporte, o problema é a BRUTALIDADE! é colocar 2 crianças FRENTE A FRENTE no RINGue, PARA ver quem ganha! Isso se 1 uma das duas, sair viva DESSE RINGUE!Isso sim, gera polemica!

  31. Matheus

    12/07/2011 23:45:34

    O esporte, idependente de ser o muay thai ou outra arte marcial ou até mesmo o esporte em si, proporciona a auto confiança, a disciplina, socialização,capacidade de tomada de decisões, controle emocional além dos atributos físicos que fazem com que a criança cresça com um alto nivel de qualidade de vida, coisa que não se aprende na escola atrás de uma carteira ou na internet (é claro que isso também é fundalmental para vida de uma pessoa). Portanto quem está criticando deveria rever seus conceitos.

  32. daniel

    12/07/2011 23:27:22

    Hoje em dia, num pais onde os governantes querem colocar as crianças para receber um kit gay na escola, eu já nem sei se lugar de criança eh mesmo na sala de aula!!! Está mais que provado, quando praticada saudavelmente, a arte marcial é excelente para vida de uma pessoa em qualquer idade.A dedicação da menina para ser uma campeã, é escolha dela e como toda escolha de vida de um filho, o pai deve respeitar e apoiar. Praticando esse esporte ela talvez não chegue onde quer e não seja uma campeão mundial, mas em compensação, não será uma menina arrogante, descontrolada, desequilibrada, que pensa que só existe ela no mundo e pode passar por cima de qualquer pra ter o que quer. É isso que o esporte ensina para as crianças, e a luta é um esporte!!!

  33. Vinícius Henrique

    12/07/2011 23:00:30

    Não vejo nada de mais. Artes marciais é algo que só ajuda a pessoa a ter disciplina e ajuda o corpo com exercícios físicos. E nós que temos crianças de 7... 8 anos traficando drogas, roubando e até mesmo coisas piores!

  34. V. Lima

    12/07/2011 22:57:31

    Por que bom mesmo é quando meninas de 8 anos colocam roupas minúsculas e dançam sensualmente o "tchan".

  35. reginaldo

    12/07/2011 22:52:26

    eu acho que a criança que partica arte marcial independente de muay thai judo etc...é uma criança mais saudavel de corpo e de mente , alem de desde cedo ja esta aprendendo que na vida nao é sempre que a gente ganha , aprende espirito de equipe tem uma diciplina muito boa .....

  36. Renato

    12/07/2011 22:51:34

    Eu não acho brutalidade como varios comentarios abaixo!Isso é uma arte marcial, como todas as outras, assim como o muay tai tem seu lado ignorante, o judo tambem tem, o karate também tem, a diferença éo visual....uma chave de braço ou estrangulamento no judo pode machucar a pessoa tanto quanto um chute no rosto!!o que não pode é virar vicio e praticar por esporte!

  37. MAURICIO

    12/07/2011 22:50:13

    Acho positivo a criança aprender desde cedo qualquer tipo de luta, mas acho que tem que ter limites quanto a competições, pois nesse caso fiquei chocado ao ver as crianças lutando. Na minha opinião qualquer modalidade de luta em competições deveria começar do juvenil.

  38. CHEGA DE HIPOCRISIA

    12/07/2011 22:48:18

    LUTAR MUAY THAY NUM PODE, MAS CHEIRAR COLA, USAR CRACK, CARREGAR ARMAS AUTOMATICAS PODE?E EU QUERO VER QUEM Q SE METE A PRATICAR BULLYING COM ESSA MENININHA

  39. =)

    12/07/2011 22:46:35

    Aaah a luta se adquire disciplina no futebol não!Qual no fundo realmente é mais violento??

  40. Guilherme

    12/07/2011 22:46:09

    Saúde, qualidade de vida e disciplina. Tudo isso se aprende no tatame, pq quem luta nao briga!!Respeito as diversas maneiras de pensamento mas para mim brutalidade são os "carinhos" por trás e cotolveladas em um jogo de futebol.

  41. Maurício Oliveira

    12/07/2011 22:39:52

    Há um programa imbecil de TV chamadoPequenas Misses. onde pseudomãestransformam suas filhas em verdadeiras'anãs' -- prefiro usar este termo a outro bemmais ofensivo. Nesse mundo que se deterioraa cada dia, por que ficarmos surpresos commais essa notícia lamentável envolvendocrianças? Lugar de meninos e meninas é naescola, e também numa academia praticandoesportes, e não competindo entre si e, o que épior, por dinheiro! Essa é a prova vital de queseus pais se mostram vagabundos e queremmais é enriquecer à custa de seus filhos.

  42. fernando zanesco

    12/07/2011 22:32:55

    Bom, fiquei muito feliz com éssa noticia porque nesse mundo que vivemos, principalmente o brasil, criança mechendo com droga, algumas até ja no trafico. Criança pra mim tem que estudar e ainda mais se o pai poder colocar no esporte melhor ainda, a arte marciais alemde trazer alto defeza, disistressa a criança, não penssa que é só o adulto, faz a criança pensar mais rapido no golpe que ela vai dar, e isso pode ajudar ela navida social, pensa que nao mais ajuda conforme ela faz as coisas no mundo, tem que tomar cuidado com resposta senao ela leva torbo, ainda mais se ela tiver um ótimo professor, poeque ele vai passar para a criança que tem que respeitar o próximo que aquilo ali é só um rob podendo até virar uma profissão claro, e o campeonato, valendo dinheiro, troféu e medalha, seja o que fo ela tem que fazer mesmo, ali ela esta vendo o que aprendeu nao uma briga ate a morte, uma porque tem juiz olhando a luta e ele se prerocupa com a saúde do atleta. Bom é isso que eu acho, então parabens a éssas meninas e ao povo que coloca seus filhos para fazer esporte seja qualquer um. Obrigado.

  43. Kelma Ferreira

    12/07/2011 22:29:55

    A menina bate muito. apoio totalmente a prática de artes marciais, tira muita gente de caminhos errados do mundo e colocam respeito, atitude, autoconfiança, personalidade, concentração, entre muitas outras coisas que tem de benfícios. Sou suspeita até de falar, pois pratico muay thai também. Tudo bem que tem muita gente que não aceita, mas acho que essas pessoas tem de abrir sua mente para o mundo dos esportes e artes marciais e se interessar em conhecer esse mundo ai sim elas poderão falar algo concreto sobre suas opniões e tenho certeza que muitas delas mudarão as suas. Agora se há pessoas que praticam a arte só para manchar o nome da arte marcial, tenho pena dessas pessoas.

  44. Danpcz

    12/07/2011 22:27:48

    Brutalidade? O__osão só crianças lutando esportivamenteassim é até melhor, lutar as crianças vão de qualquer jeito, enquanto assim dá pra controlar pra que nenhuma saia gravemente feridaeu apoio o esporte desde bem cedo e considero luta um esportedesde que não seja incentivada a competitividade

  45. Luis

    12/07/2011 22:22:18

    Pessoas que praticam artes marcias de forma séria costumam ser saudaveis e tranquilas fora do ringue. A luta foi com equipamentos de protecao, justamente para prevenir lesoes. Criancas que andam de skate ou bicicleta têm tanto ou mais risco de se machucarem do que essas meninas. As pessoas deviam deixar de se preocupar tanto com a vida dos outros e se preocupaem com as próprias.

  46. Paulo

    12/07/2011 22:21:25

    Já vi lutas de karate, judo e outros. Por que Muay Tai não pode?

  47. Sem preconceito

    12/07/2011 22:21:17

    Qual é a diferença entre uma criança disputar uma competição de judô ou de muay thai? Não é tudo igual, luta é luta. Que preconceito!!!!

  48. Evandro

    12/07/2011 22:07:44

    Eu acho q o fato de ele deixar a minina treinar é super positivo, mas TREINAR. Isso, como ele mesmo disse é bom pra tirar ela da frente de computador (coisa q na minha opinião estraga um pouco as pessoas) e com isso, ele aproveita mais a criança preservando a saude dela. Entaum nesse aspecto eu concordo, mas o fato de promover luta com outras....meu num vira isso!!!!... se ela tivesse uns 16 ou 17 anos eu concordaria com tudo, pois o esporte é bom pra todos.

  49. Igor

    12/07/2011 22:07:42

    Começo a acreditar que nós estamos muito perto do fim dos tempos. Quando penso que já vi de tudo nesta vida, sou surprreendido com uma brutalidade como esta.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso