PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Musas do Esporte - Federica Pellegrini superou morte do técnico e fim de namoro antes do ouro em Xangai

UOL Esporte

26/07/2011 07h00

Crédito: Divulgação

Você, leitor, já ouviu falar de Federica Pellegrini neste espaço. Ela foi citada como uma espécie de nêmeses de outra musa, a francesa Laure Manaudou. Tida como imbatível nos 200m, e 400m livres, a italiana passou por maus momentos nos últimos anos, mas deu a volta por cima na última semana, em Xangai, na China.

A musa Pellegrini conquistou o ouro os 400m livres no Mundial de natação que acontece no país asiático. Porém, o que pouca gente sabe é que as águas não foram tão calmas na vida da italiana nos últimos anos.

Ouro nos 200m livre em Pequim-2008 e no Mundial de Roma, em 2009, a musa venceu também a prova dos 400m livre na capital italiana, o que elevou a atleta à condição de quase imbatível. Quando estava no auge, os problemas da nadadora começaram.

Poucos meses depois da glória em Roma, Pellegrini perdeu seu técnico Alberto Castagnetti, morto repentinamente após um ataque cardíaco fulminante e tido como o principal responsável por "domar" o temperamento explosivo de Pellegrini.


Federica Pellegrini tem mais de dez tatuagens espalhadas pelo corpo. Algumas delas, inclusive, foram dedicadas ao ex-namorado Luca Marin, que antes da italiana namorou Laure Manaudou. Crédito: Divulgação

A pupila, então, perambulou por centros de treinamentos e acumulou resultados ruins, como o modeto sétimo lugar no mundial de piscina curta, em Dubai. Por fim, se estabeleceu com o técnico Philippe Lucas, que havia trabalhado com Laure Manaudou.

As coisas iam bem até que um mês antes do Mundial de Xangai a musa anunciaria o rompimento da relação de três anos com seu namorado, o italiano Luca Marin. Justo ele, que já havia causado polêmica ao trocar Laure Manaudou pela nadadora italiana.


Federica Pellegrini conquistou o ouro na prova dos 400m livre, no Mundial de Xangai. Crédito: AP Photo

No último domingo, Federica Pellegrini deixou todos estes percalços para trás. De volta a uma competição importante, conquistou o bicampeonato mundial nos 400m livres, desbancando a campeã olímpica Rebecca Adlington.

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação