PUBLICIDADE
Topo

Simulação de tiro em comemoração gera polêmica e multa de R$ 6,4mil

UOL Esporte

21/10/2011 14h57

Foto: Reprodução

Marco Fábian, jogador do Chivas Guadalajara, marcou um gol na partida contra o Estudiante Tecos, pelo Campeonato Mexicano. Até aí, tudo bem. O problema é que na hora de comemorar o gol, Fábian e seu companheiro de time Alberto Medina resolveram inovar na hora da comemoração. Eles simularam um assassinato, no qual Fábian atirava na cabeça de Medina.

Tal comemoração gerou muita polêmica. O Chivas acabou decidindo multar os dois atletas em € 2,6 mil (R$ 6,4 mil). "Estou muito arrependido pelo que passou. Quando vi o vídeo, senti uma grande raiva por ter brincado com uma coisa tão preciosa como a vida", lamentou o jogador Fábian.

A repercussão do gesto ganhou tanta força porque recentemente o futebol mexicano teve um caso grave de violência. O atacante paraguaio Salvador Cabañas levou um tiro na cabeça em uma festa, no início de 2010, quando jogava pelo América do México. Ele sobreviveu, mas ainda não conseguiu voltar aos campos.

VEJA A COMEMORAÇÃO QUE CAUSOU POLÊMICA NO FUTEBOL MEXICANO

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação