PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Foto histórica: Há 25 anos, ator e sua "gangue maluca" venciam o Liverpool na Copa da Inglaterra

UOL Esporte

14/05/2013 14h31

Crédito da imagem: David Cannon/Getty Images

Nesta terça-feira, uma das mais lembradas vitórias da história do futebol inglês completa 25 anos. No dia 14 de maio de 1988, o pequeno Wimbledon venceu o poderoso Liverpool, então campeão nacional, por 1 a 0, e conquistou a Copa da Inglaterra. O jogo, porém, ganhou ares de lendário devido ao elenco nada ortodoxo dos campeões.

O destaque do time era o volante Vinnie Jones, até hoje considerado um dos jogadores mais violentos da história do futebol na Grã-Bretanha – em 1992, por exemplo, o então jogador do Chelsea foi expulso após apenas três segundos durante um jogo contra o Sheffield United, pela Premier League. Na foto histórica acima, ele comemora a vitória sobre o Liverpool no estádio de Wembley.

 

Se você não está ligando o nome à pessoa, porém, esclarecemos: Vinnie deixaria sua carreira como jogador 10 anos depois para virar ator de filmes de ação. Com seu jeito durão e cara de malvado, ele fez sucesso tanto em filmes ingleses, como Jogos, trapaças e dois canos fumegantes e Snatch, de Guy Ritchie, como em películas de Holywood: X-Men 3 – O confronto final e EuroTrip – Passaporte para a confusão, para citar alguns. Recentemente, fez até dublagem em Madagascar 3.

Vinnie Jones marca Thomas, do Liverpool, durante a final da Copa da Inglaterra de 1988 (Foto: Ian Hodgson/REUTERS)

O restante do time era tão lunático quanto Vinnie Jones. Tanto que o elenco do Wimbledon na ocasião era conhecido como "a gangue maluca", devido ao alto número de bad boys no time azul. O gol da vitória sobre o Liverpool foi marcado por Sanchez, ainda no primeiro tempo do jogo.

Naquele dia, o Wimbledon jogou com Beasant; Goodyear, Young, Thorn e Phelan; Cork (Cunningham), Vinnie Jones, Sanchez e Wise; Fashanu e Gibson (Scales). O treinador era Bobby Gould.

Já o Liverpool, comandado pelo lendário "King" Kenny Dalglish atuou com Grobbelaar; Nicol, Gillespie, Hansen e Ablett; Houghton, Spackman (Molby), McMahon e Barnes; Beardsley e Aldridge (Johnston).

O duelo ainda teve curiosidade: no segundo tempo, o goleiro Beasant, do Liverpool, defendeu um pênalti cobrado por Aldridge, e se tornou, desta forma, o primeiro arqueiro a pegar uma penalidade em uma final da Copa da Inglaterra.

Crédito da imagem: Pascal Rondeau/Getty Images

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação