PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Musa do tênis, Vanessa Menga diz que não se arrependeu de Playboy e vive expectativa de ser mãe

UOL Esporte

09/07/2013 06h00

Crédito da foto: Acervo Pessoal

Antes mesmo de Maria Sharapova, Ana Ivanovic ou Caroline Wozniacki se destacarem nas quadras de tênis como musas, uma brasileira era dona desse rótulo. Vanessa Menga era a principal representante do país nas competições femininas no fim da década de 90 e sua beleza chegou a render uma capa da revista Playboy, em fevereiro de 2001.

Aos 37 anos e prestes a ser tornar mãe pela primeira vez de uma garota que se chamará Maria, Vanessa diz não se arrepender de ter feito o ensaio.

"Faz muito tempo, mas valeu a pena. Era o momento e aproveitei a oportunidade, principalmente financeiramente. Não me arrependo de nenhuma forma. Foi tudo muito profissional e feito com profissionais excelentes. Além disso, tive todo o apoio da família, isso é o mais importante", disse Vanessa, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Depois deste ensaio, a musa do tênis passou a conviver com algumas brincadeiras no circuito da modalidade. Apesar disso, a tenista loira não acha que isso tenha influenciado seu desempenho em quadra.

"Não lembro de uma específica, mas com certeza recebi muitas cantadas. Tiveram algumas situações que eu ignorava, outras, eu era simpática. Mas não foi nada que pudesse atrapalhar ou prejudicar. Não foi nada muito marcante também", completou.

A previsão é que a musa do tênis comemore o nascimento de sua filha nesta quarta-feira. O bebê é fruto da relação com Bruno Bonjean, com quem é casada há três anos. Ao falar sobre o nascimento, a ex-atleta diz não estar muito ansiosa.

"A expectativa é de dar tudo certo, sou uma pessoa tranquila. Ansiedade eu não tenho, estou curtindo cada momento da gravidez, desses nove meses, estou curtindo cada segundo que é muito gostoso. Lógico que você fica imaginando como vai ser a carinha dela", afirmou.

QUAL ATLETA VOCÊ GOSTARIA QUE POSASSE NUA?

Mesmo com a gravidez, Vanessa Menga não quis saber de se manter afastada das atividades físicas durante a gestação. "Só não jogo tênis, caminho todos os dias por meia hora, faço transport, alongamento", falou.

Vanessa Menga está perto de completar dez anos de aposentadoria no tênis. Ela teve de abandonar as quadras prematuramente após sofrer um acidente de moto na Itália. Na ocasião, ela quebrou a escápula, o úmero e a clavícula, o que a fez realizar um enxerto no braço direito, o mesmo que usava para sacar.

"Fiquei oito meses em recuperação, foi muito difícil, perdi muitos pontos, pois não consegui congelar meu ranking. Também foi um grande susto, acabei depressiva e fiquei em repouso total. Tive uma recuperação e voltei aos poucos, poderia voltar a jogar com certeza, mas já estava sem patrocínio e tinha um sonho de trabalhar com criança, aí formatei um projeto para ensinar crianças e comecei a correr atrás de patrocínio para isso", finalizou Vanessa, que disse que ainda jogaria por muitos anos se não fosse o acidente.

Uma das principais conquistas de Vanessa Menga aconteceu nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 1999. No Canadá, ela faturou a medalha de ouro, título que ela não pôde defender quatro anos depois por causa do acidente.

Leandro Carneiro
Do UOL, em São Paulo

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação