PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Amistoso? Clássico argentino pega fogo e juiz dispensa cartão amarelo

UOL Esporte

29/01/2014 17h35

Estudiantes e Gimnasia fazem o maior clássico da cidade de La Plata, na Argentina, e até mesmo quando disputam a bola por uma competição amistosa os nervos ficam à flor da pele. A violência entres os jogadores chegou a tal ponto que o árbitro Carlos Maglio 'roubou a cena' e dispensou o cartão amarelo do jogo, ficando apenas com o vermelho em seu bolso.

As duas principais equipes da cidade argentina empatavam por 1 a 1, mas o duelo parecia não ser pela vitória, e sim pelo maior número de faltas violentas. Apesar de ser comum clássicos serem mais 'pegados', o juiz perdeu a paciência com a situação após falta de Jara em Licht e simplesmente retirou a opção do cartão amarelo ser usado novamente até o apito final.

A cena inusitada, que passa por cima da regra do jogo, ocorreu aos 32 minutos da segunda etapa, quando a 'tarjeta amarilla' já havia sido mostrada oito vezes durante a noite. Maglio chamou os capitães de Estudiantes e Gimnasia para avisar que não toleraria mais a violência, ao mesmo tempo que entregou seu 'instrumento de trabalho' para o quarto árbitro.

O resultado da medida do árbitro argentino pôde ser visto seis minutos mais tarde. Israel Damonte fez falta feia e viu logo de cara o único cartão que havia restado no bolso do juiz: o vermelho. A reclamação dos jogadores foi grande, mas nada adiantou e o atleta do Estudiantes foi para o chuveiro mais cedo mesmo em um torneio chamado Copa Amizade.

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação