PUBLICIDADE
Topo

Ex-affair de Neymar posa para Playboy com camisa dele e 'selinho' em Pelé

UOL Esporte

02/06/2014 06h00

Famosa após um breve affair com Neymar na virada de 2012 para 2013, Patrícia Jordane voltou a ganhar repercussão na última semana. A morena foi convidada para ser capa da Playboy com o cargo de "Musa da Copa" na edição de junho da publicação masculina.

Apesar de só ter estampado um ensaio nu mais de um ano após sua relação com o atacante do Barcelona, as fotos de Patrícia não esquecem totalmente Neymar.

Usei uma camiseta que a Nike criou para ele. Não (foi uma provocação). O ensaio foi todo relacionado ao futebol. Posei no vestiário, no banheiro dos jogadores, no campo, no estádio", disse Patricia Jordane ao UOL Esporte.

Apesar de revelar que o ensaio não provoca Neymar, Patricia admite que ficou magoada com o jogador, quando ele assumiu o namoro com Bruna Marquezine.

"Na época fiquei triste, chateada, não sabia que ele estava saindo com outra, deixando duas em banho-maria. Mas, hoje não mais, a vida segue. Prefiro não guardar mágoas", completou.

Quem também "participou" do ensaio da garota foi o Rei Pelé. Patrícia revelou que chegou até a "lamber" uma foto do ex-jogador.

"A foto ficou linda, mas o selinho foi no quadro do bar São Cristovão, na Vila Madalena. E não foi só selinho, tem lambidas também", afirma a garota rindo da situação.

Mas a participação de boleiros não foi apenas simbólico. Nove sortudos, atletas do Santo André, que foi o clube que cedeu o estádio para as fotos, também aparecerão na publicação.

"Então, na parte da tarde, eles estavam treinando e eu fotografando. Quando vimos tinha uns 20 jogadores escondidos assistindo. Ai surgiu a ideia de colocarmos eles nas fotos e nove deles toparam. A fotografa dirigiu eles e foi muito tranquilo. A foto ficou linda. Sou um troféu nas mãos deles", conta a morena.

No entanto, a relação entre Patrícia Jordane e os atletas deve ficar apenas nas imagens mesmo. Questionada sobre um possível envolvimento com outro jogador, a morena prefere evitar.

"Acho que todos nós estamos sujeitos a se envolver com qualquer tipo de pessoa, independente da profissão. Mas confesso que prefiro evitar por causa da discriminação que existe", finalizou.

Leandro Carneiro
Do UOL, em São Paulo

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação