Topo
Blog da Redação

Blog da Redação

Mexicana fica surpresa por ser a preferida como musa e procura namorado

UOL Esporte

30/06/2014 06h00


No que depender dos internautas, não tem para ninguém. O rótulo de musa da Copa já tem dona e é da repórter  Vanessa Huppenkothen, da Televisa. A mexicana lidera com folga enquete do UOL Esporte com 60% e deixa pra trás com folga nomes como Larissa Riquelme ou Sara Carbonero.

Mas a loira de 28 anos, apesar da fama e procura de diversos veículos do mundo todo para entrevistas, se surpreendeu ao saber que está sendo tão apreciada assim pelos brasileiros. Ela diz que seu perfil no Twitter não para de aumentar de pedidos de pessoas do Brasil. Mas faz questão de dizer que não é esse tipo de situação que a deixa mais contente, e sim provar a todos que tem qualidades na sua profissão.

"Não esperava isso (ser musa). Vim aqui para trabalhar como jornalista, (ser bonita) fisicamente abre algumas portas estar em um meio que tem muitos homens. O interessante é permanecer, se garantir, se preparar todos os dias e mostrar todos os dias que é  bom. Sobre ser musa? Uau, não acredito", disse ao UOL Esporte.

  • 33134
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2014/06/18/qual-destas-musas-e-sua-preferida.js

"É complicado, porque podem pensar que você é só um rosto bonito e não entende nada de futebol. Tenho que mostrar sempre credibilidade no que faço. No começo querem explorar essa parte física, mas ela não vai durar para sempre. O físico cai, mas a credibilidade é que tem que ir crescendo. Tenho que melhorar e vejo esportes sempre, estudo bastante", continuou.

Apesar de ser repórter da maior TV do México, Vanessa não é jornalista. Se formou em relações internacionais e fala cinco línguas: inglês, espanhol, alemão, francês e grego. "Queria ser embaixadora do México em algum país, mas a vida me levou para o jornalismo. E ser poliglota me ajuda muito. As oportunidades aparecem uma vez na vida e aproveitei. Estou muito feliz."

Para a felicidade de seus seguidores, ela diz estar solteira e que gostou dos homens brasileiros. E também fez elogios a outros aspectos do país. "Não tenho namorado e estou em busca de um. Tem homens muito bonitos no Brasil. (Namorar aqui) seria complicado, mas dá para resolver o problema das distâncias com visitas. Ficaria contente de ter um namorado brasileiro."

"O Brasil é uma potência que está crescendo e se desenvolvendo muito. Temos coisas em comum. Fico encantada de estar aqui. As pessoas são muito alegres, a comida é muito boa. Nos sentimos em casa, apesar das distâncias longas entre as sedes. Como mexicanos ficamos muito felizes em estar em um país que ama o futebol. Nos identificamos muito com o jeito brasileiro", finalizou.

José Ricardo Leite

Do UOL, em Fortaleza

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.