PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Jogadora de vôlei atrai multidão de fãs e é criticada por ser bonita demais

UOL Esporte

30/07/2014 06h00

Sabina Altynbekova nasceu no Cazaquistão, tem 17 anos, 1,82m e virou um fenômeno. Sem querer. Jogadora de vôlei, ela é discreta nas redes sociais, recusou convite para ser modelo e sequer se destacou no campeonato juvenil asiático sub-19 que disputou em Taiwan. Mas foi a partir desse torneio que Sabina se tornou mania internacional.

Torcedores de países como China, Indonésia, Coreia do Sul, Japão e Filipinas rapidamente fizeram da jovem uma celebridade. O campeonato começou no dia 16 de julho. Em poucos dias, Sabina viu sua conta no Instagram atrair mais de 250 mil admiradores.

Por ser reserva na equipe do Cazaquistão, são poucas as imagens de jogo em que ela se destaca. Mesmo assim, inúmeros vídeos surgiram mostrando Sabina no aquecimento, cumprimentando as companheiras ou apenas reproduzindo fotos de suas contas nas redes sociais. Um vídeo já teve mais de 1 milhão de visualizações em uma semana (veja abaixo).

A fama foi tanta e tão repentina que até o técnico do time sub-19 do Cazaquistão reclamou. "É impossível trabalhar assim. O comportamento da torcida faz parecer que só existe uma jogadora no campeonato", esbravejou Nurlan Sadikov ao Tengrin News.

A própria Sabina parece assustada com o fato de ter se tornado um fenômeno. "Fiquei lisonjeada no começo, mas tudo está ficando um pouco exagerado. Quero me concentrar em jogar vôlei e ficar famosa por isso, e não por qualquer outra coisa", comentou ela, em declaração reproduzida pelo britânico Daily Mail. O difícil vai ser convencer seus fãs disso.

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação