Blog da Redação

Romário e Edmundo contra o Vélez: 9 detalhes que você não lembrava da briga

UOL Esporte

28/10/2016 06h00


Em outubro de 1995, o Flamengo recebia o Vélez Sarsfield em Uberlândia para o jogo de volta da primeira fase da Supercopa da Libertadores. O rubro-negro abriu a campanha do vice-campeonato com vitória tranquila sobre os argentinos. Quer dizer, nem tão tranquila assim…

O Flamengo vencia por 3 a 0 aos 46 minutos do segundo tempo quando Edmundo deu um tapa no argentino Flavio Zandoná, que prontamente revidou, e depois ainda acertou um soco por trás que nocauteou o camisa 7 (veja no vídeo acima). Imediatamente, Romário correu em direção ao lateral do Vélez e acertou uma voadora nele (veja no gif abaixo). Briga campal, invasão ao gramado e fim de jogo.

romario

A classificação ficou com o Flamengo, mas o jogo é celebrado até hoje pelos torcedores do Vélez. O dia 3 de outubro é lembrado por eles como o “Zandonazo”. O soco em Edmundo está pintado na parede de uma rua que leva ao estádio do clube em Buenos Aires. Será que você se lembra daquela partida tanto quanto eles? Vamos aos detalhes que podem ter se perdido no tempo:

1. Zandoná ficou no chão
Percebam este drible desmoralizante que Zandoná levou de Rodrigo Mendes na jogada que resultou no terceiro gol do Flamengo, marcado por Romário.

 

2. Desta vez, Zandoná reagiu
UqgB2Du---ImgurJá no finzinho do jogo, Edmundo ensaiou uma rebolada parecida com aquela que faria na frente do zagueiro botafoguense Gonçalves, anos depois. Só que, na frente dele, estava o Zandoná de cabeça quente. A bola passou, e ele ficou no cotovelo do argentino.

 

3. Calçade avisou

Na transmissão da finada TVA, o comentarista Paulo Calçade nem conseguiu completar a frase sobre a cotovelada de Zandoná: “Vai ser muito trouxa o Edmundo se cair nessa… O jogo já acabou, está desclassificado o time argentino…” Foi quando o narrador Nivaldo Prieto interrompeu: “Opa, leva uma bordoada o Edmundo!”.

 

4. Não foi só o Romário que correucorreNo momento da briga, os jogadores se posicionavam na área do Flamengo para uma cobrança de falta do Vélez. Olha como eles reagiram.

 

5. Baixinho valentermrDepois da voadora, Zandoná não caiu, mas se afastou de Romário. O Baixinho ficou encarando o outro jogador do Vélez que chegou, como se estivesse em um ringue. O argentino preferiu esperar o resto da turma chegar antes de fazer alguma coisa…

 

6. Fogo amigo de Aloísio ChulapaaloisioO atacante reserva do Flamengo tentou dar um soco num jogador do Vélez, mas o alvo se abaixou. Aloísio acabou acertando o próprio companheiro sem querer: o zagueiro Cláudio saiu com um hematoma no rosto.

 

7. As entrevistas pós-jogoapolinhoO técnico do Flamengo era o radialista Washington Rodrigues, o Apolinho, que saiu de campo gritando: “Na bola não ganham, na porrada não ganham. Se quiserem jogar mais, a gente joga. Se quiserem dar porrada, vamos briga até amanhã de manhã. Não vão ganhar da gente nem no grito nem na porrada!”. Quando o repórter da Band disse a Romário que “ninguém podia esperar isso no fim do jogo”, o Baixinho respondeu: “Pelo contrário. Quando vem dos argentinos, a gente tem que esperar tudo”.

 

8. O árbitro não expulsou ninguémjuizOs jogadores envolvidos foram posteriormente suspensos pela Conmebol. Romário e Edmundo ficaram fora dos dois jogos seguintes do Flamengo na Supercopa.

 

9. Edmundo sofreu no antidoping

Depois da briga, Edmundo ainda teve que ficar um tempão no estádio. Ele demorou cerca de duas horas até conseguir urinar para o exame antidoping. Mas saiu satisfeito: “O importante é que mesmo na briga levamos vantagem. Pelo que os companheiros contaram, todo mundo falou que deu nos argentinos”.

>>> Lateral do Vélez que socou Edmundo: “Faria de novo, não me arrependo”

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Topo