Blog da Redação

De Ben Arfa a Taison: 12 jogadores que já foram comparados a Messi

UOL Esporte

15/11/2017 06h00

1. Hatem Ben Arfa

Divulgação

O meia francês que está encostado no PSG ganhou nesta semana um elogio que pode servir de consolo – ou então deixá-lo ainda mais pressionado. O atacante Karim Benzema declarou à imprensa francesa que Ben Arfa “está no nível de Messi”. E lamentou pela situação dele em Paris: “Ele conseguiu dar a volta por cima no Nice e agora tem de começar de novo outra vez. É uma pena”.

 

2. Lucas Moura

Reprodução

O PSG conta com outro craque comparado a Messi entre seus reservas. É o brasileiro Lucas Moura, que foi recebido com grande expectativa quando chegou ao time há cinco anos. “Paris espera seu Messias”, estampou na capa o jornal L’Equipe, lembrando que os donos do clube investiram alto para ter seu próprio Messi.

 

3. Tiago Luís

Reprodução

Na Copinha de 2008, Neymar era reserva do Santos, e a grande promessa do time era o atacante Tiago Luís, que terminou como artilheiro da competição. Tiago teve uma sondagem do Real Madrid. Foi quando o jornal espanhol Marca publicou esta capa que virou um rótulo para o jogador. Do Santos, ele não foi para o Real, mas para o União de Leiria-POR. Depois, perambulou por vários clubes até chegar ao Goiás.

 

4. Matías Defederico

Folhapress

“Corinthians contrata o novo Messi”, diziam as manchetes em agosto de 2009. De fato, era um meia argentino baixinho e habilidoso, que se destacava no Huracán. Mas Defederico não foi tudo aquilo que os corintianos esperavam, e deixou o clube no ano seguinte após marcar apenas três gols. Reapareceu na Sul-Americana deste ano, defendendo o Universidad de Quito, que foi eliminado pelo Fluminense.

 

5. Maxi Rolón

Divulgação

Ele é argentino, como Messi. Nasceu em Rosario, a cidade de Messi. Jogou na base do Barcelona, assim como Messi. Mas não conseguiu lidar com esse peso. Quando o contratou em 2016, o Santos sabia que Rolón não seria o “novo Messi”, como diziam no começo da carreira dele. Mas também não imaginava que ele se revoltaria com a reserva e pediria a rescisão de contrato depois de apenas cinco jogos disputados. Foi para o Arsenal de Sarandí.

 

6. Erik Lamela

Matt Dunham/AP

O meia argentino foi sondado pelo Barça quando atuava na base do River Plate, o que foi suficiente para ser chamado de “novo Messi”. Apesar da comparação, Lamela seguiu seu próprio caminho e se valorizou até chegar ao Tottenham e à seleção argentina, onde joga ao lado de Messi.

 

7. Paulo Dybala

Getty Images

“É o novo Messi”, disse o presidente do Palermo, Maurizio Zamparini, ao explicar o alto valor da venda de Dybala para a Juventus. O atacante realmente virou um dos jogadores mais valorizados do futebol mundial, e tem potencial para brilhar por conta própria. Por isso mesmo, a comparação só se justifica pelo fato de ele ser um argentino que deslanchou muito cedo no futebol.

 

8. Mario Götze

Reuters

Em 2011, um atacante de 19 anos chamava atenção por suas atuações no Borussia Dortmund e na seleção alemã. Não demorou para ser chamado de “Messi alemão”. Três anos depois, ele derrotaria o Messi original na final da Copa com um gol na prorrogação.

 

9. Bojan Krkic

Getty Images

Em 2007, o atacante espanhol de origem sérvia quebrou os recordes de Messi na base do Barcelona, onde chegou à marca de 850 gols. “É o novo Messi”, pensaram os torcedores catalães. Corta para 2017. Bojan disputa o Campeonato Espanhol com a camisa do Alavés, emprestado pelo Stoke City.

 

10. Juan Manuel Iturbe

Alessandra Tarantino/AP

Deve ser difícil ser um jovem jogador argentino em ascensão no futebol: quase todos são comparados a Messi em algum momento. Nascido em Buenos Aires, Iturbe se naturalizou paraguaio, e foi lá que ele começou a carreira. Mas não teve jeito: depois do bom início no Cerro Porteño, foi para o Porto aos 18 anos com status de “novo Messi”. Passou pela Roma, e agora está emprestado ao Tijuana-MEX.

 

11. Gerard Deulofeu

Getty Images

Deve ser difícil ser um jovem jogador em ascensão na base do Barcelona: quase todos são comparados a Messi em algum momento. Foi o caso de Deulofeu, que surgiu sob grande expectativa no clube, mas acabou vendido para o Everton. Não chegou a brilhar na Premier League, mas foi chamado para a seleção espanhola e ganhou uma nova chance no Barça, que o trouxe de volta depois da saída de Neymar em 2017.

 

12. Taison


“Taison ou Messi, o futuro dirá quem foi melhor”. A frase que entrou para o folclore do futebol brasileiro foi o título de uma coluna do jornalista gaúcho Wianey Carlet, em 2009. Na época, Taison se destacava no Internacional, e Messi dava o título da Liga dos Campeões para o Barça. Depois disso, o atacante brasileiro não chegou a ganhar nenhuma Bola de Ouro, mas pelo menos ganhou espaço na seleção. Será que na Copa de 2018 essa profecia se confirma?

 

VEJA TAMBÉM

8 quadros esportivos que deixarão (ou não) saudade com fim do Pânico na TV

10 times pelo mundo que dizem ser o “Rei de Copas”

 

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Topo