Blog da Redação

Conheça o youtuber inglês que virou hit com vídeos sobre futebol brasileiro

UOL Esporte

14/02/2018 04h00

Ana Carolina Silva
Do UOL, em São Paulo

É bem provável que você conheça algum youtuber brasileiro que ficou famoso com vídeos sobre o nosso futebol, como o pessoal dos canais “Desimpedidos” e “Banheiristas”. Mas você já imaginou como seria se um britânico se encantasse pelos clubes brasileiros e ganhasse notoriedade graças a eles? Então chegou a hora de conhecer Aram Mulwe… Ou Araminho, como ele vem se apresentando em homenagem aos craques do Brasil.

O jovem tem 24 anos, sempre viveu em Londres, é torcedor do Manchester United e dono do canal “AStarForBants”, que tem 131 mil inscritos – pelo menos, é este o número até o fechamento desta matéria. Segundo as estatísticas de análise fornecidas pelo próprio YouTube, 85% destes seguidores são brasileiros.

(foto: reprodução/Youtube)

“Foi completamente inesperado, para ser honesto. O primeiro vídeo que eu fiz sobre o futebol brasileiro foi sobre os craques de 2006, com todos os ídolos que eu cresci assistindo”, disse Aram ao UOL Esporte. Mas seu canal cresceu quando reagiu a um vídeo que homenageava os 71 mortos no acidente aéreo da Chapecoense. “Aquele foi o meu vídeo que viajou por todo o Brasil.”

A maioria dos comentários em seus vídeos consiste em pedidos de brasileiros: “reage ao gol do Flamengo”, “faz um vídeo sobre a nova música da Anitta”, “queremos ver sua reação ao clássico entre Corinthians e São Paulo”. Do outro lado, há alguém que não fala português, tem dificuldade para entender todas as mensagens e, a princípio, nem sequer sabia quais jogos do Brasileirão deveria escolher.

“No começo, eu recebi mais mensagens do que conseguia lidar, até porque a variedade de pedidos era grande. Mas, agora que acompanho um pouco a liga brasileira, eu tenho uma ideia melhor sobre quais partidas podem ser temas de vídeo”, disse o britânico, que conta com a ajuda dos seguidores para legendar alguns de seus vídeos em português.

(foto: reprodução/Youtube)

Não que a falta de legendas seja um obstáculo muito grande para o público, já que não é incomum encontrar comentários de inscritos que acreditam estar aprendendo inglês com o torcedor do Manchester United. Em troca, ele grava alguns vídeos nos quais tenta aprender nosso idioma e sonha com uma volta ao Brasil – já esteve no país em 2014, na Copa do Mundo.

Aram admite que realmente vê muita diferença técnica entre o nível europeu e o pouco que conhece do futebol brasileiro, mas uma coisa em específico o conquistou no Brasil: nossos narradores. Em diversos vídeos, o youtuber se mostrou encantado com os empolgados gritos de “gooooooooooool”, que são marca registrada da narração esportiva do Brasil.

“Eu gosto da ênfase dada na narração quando qualquer um dos times marca, é por isso que gosto de reagir aos vídeos. Eu gosto porque é diferente. Também gosto de como os espanhóis gritam ‘gol, gol, gol, gol’, além da narração britânica. Todos os estilos são únicos, é interessante ver como cada país narra o futebol”, apontou.

Veja mensagens de brasileiros e seus esforços para enviar pedidos a Aram:

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Blog de Esportes
Topo