PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Teoria da conspiração! Fãs 'acreditam' que eleição acabou com Brumar

UOL Esporte

18/10/2018 23h14

Bruna Marquezine revelou término de namoro com Neymar nesta quinta-feira (18) (foto: Rafael Cusato/Agência Brazil News)

O término de namoro entre Bruna Marquezine e Neymar (pela quarta vez) não pegou tanta gente de surpresa nesta quinta-feira (18), mas ainda assim deu o que falar. Ainda que a atriz diga o contrário, alguns fãs do agora ex-casal não acreditam e culpam o cenário político como principal motivo da separação.

Bruna Marquezine é adepta da campanha 'Ele não', que aponta elementos machistas, homofóbicos e autoritários referentes ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL). A atriz o considera "uma ameaça à democracia" e já foi vista curtindo publicação que defendia que "se seu namorado vota em candidato machista, ele te vê como inferior". Neymar, por sua vez, há dez dias curtiu no Instagram uma publicação favorável a Bolsonaro.

Daí nasce a suspeita dos fãs, ainda que a própria Marquezine negue. "Queria deixar muito claro: não foi político. Quero que isso fique bem claro, a gente está vivendo um momento muito crítico", disse ao UOL Esporte. Seja como for, bastou a atriz global confirmar o rompimento para a teoria da conspiração ganhar força no Twitter. Para muitos entusiastas do 'Brumar', a polarização política pesou na decisão.

Confira abaixo algumas reações:

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação