Topo
Blog da Redação

Blog da Redação

Tirei o DIU e planejei gravidez sem ele saber, conta mulher de Bruno Alves

Beatriz Cesarini

2014-04-20T19:04:00

14/04/2019 04h00

No início deste mês, Bruno Alves foi surpreendido com um anúncio da esposa Daniela Pugsley em pleno centro de treinamento do São Paulo. Com a ajuda do clube do Morumbi, ela fez uma surpresa ao marido e revelou ao zagueiro que ele será pai pela segunda vez. O segundo filho estava nos planos do casal, mas a forma como tudo ocorreu foi fruto de um planejamento guardado a sete chaves pela mulher do defensor.

"A segunda gestação foi bem planejada por mim e mais ou menos pelo Bruno. A gente estava querendo engravidar de novo neste ano, mas eu queria que nascesse ainda em 2019, preferencialmente em dezembro, porque é logo no período que ele entra de férias e assim poderia me ajudar", contou Daniela ao UOL Esporte.

Definir quando parar de utilizar um método contraceptivo entrou nas conversas do casal. Animado para ter mais um filho, Bruno Alves sugeriu que Daniela tirasse o DIU. Daniela, a princípio, relutou. E então o zagueiro deixou a decisão na mão da esposa – e pediu a ela para não contar a ele quando tomasse a decisão.

"Ele dizia 'vamos tirar o DIU [agora]', mas [a princípio] falei para tirar só no meio do ano. Depois pensei sobre querer [ter outro filho] até dezembro, mas ele [Bruno] pensou em esperar até o meio do ano. Mas eu já tinha tirado o dispositivo em janeiro e não contei para ele. O Bruno sempre me falava 'quando tirar não me avisa'. Pedi muito a Deus para me mandar [o filho] em março, e quando vi que estava [grávida], só agradeci", contou Daniela ao UOL Esporte.

A previsão é que o bebê de Daniela e Bruno nasça no início de dezembro, exatamente como a esposa do zagueiro planejou. O casal já é papai e mamãe do pequeno Henry – e juntos eles estão preparando o primogênito para a chegada do irmãozinho.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
"A gente está conversando bastante com o Henry, falando que tem um irmãozinho ou irmãzinha dentro da barriga da mamãe, pedimos para ele fazer carinho… Ele sempre dá um beijinho antes de dormir. Às vezes, durante o dia, diz que coloca a 'mana' – porque ele geralmente diz que a 'mana' – na trave do gol, faz de goleira 'a mana'. Por enquanto a gente está tentando ensinar que tem um neném na mamãe. E às vezes, quando perguntamos onde está o neném, ele aponta para a barriga dele. Ainda não sei se ele está compreendendo mesmo que tem um bebê chegando. Mas ainda temos bastante tempo para ensiná-lo", acrescentou Daniela.

Daniela decidiu revelar a segunda gestação a Bruno Alves de uma forma diferente, no próprio centro de treinamento do São Paulo. Para isso, ela contou com ajuda do clube e da assessoria do zagueiro para tornar a surpresa inesquecível.

"Fiz o teste de farmácia em uma terça de manhã e descobri que estava grávida. Eu contei só para a minha avó. Depois, contei para o assessor do Bruno, que foi a segunda pessoa a saber. Disse que queria fazer uma surpresa bem legal no CT durante o treino. Ele falou com o pessoal do São Paulo, contou a novidade para eles e todo mundo foi bem generoso, abraçou a ideia", contou Dani.

Daniela e Bruno se conheceram em 2014, em Florianópolis, através de amigos em comum. Casados há três anos, os dois acreditam que a família é a base de tudo. Dani ainda destacou que a relação dela com o zagueiro tem bastante cumplicidade e parceria.

"Temos uma relação muito boa, de total cumplicidade. Tenho que dar todo o suporte nas horas ruins, quando ele chega em casa triste, seja de jogo ou quando acontecem coisas chatas. E nos momentos bons estamos sempre juntos pata comemorar. Assim como eu sou com ele, ele é comigo", comentou a esposa de Bruno Alves.

"Acredito que sempre quando a gente escolhe entrar num casamento e viver junto com outra pessoa, tem que abrir mão de alguma coisa, independentemente da profissão, se vai mudar de cidade, estado, país. Então eu e ele já passamos por isso para ficar juntos", acrescentou Daniela.

O dia a dia do casal mudou bastante desde a chegada de Henry, que tem dois anos de idade. Daniela disse que ela e Bruno planejam a vida a partir das necessidades do primogênito.

Rubens Chiri / saopaulofc.net
Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net
"A rotina da família é algo bem regradinho, principalmente por causa do Henry. Temos uma rotina certinha, bem boa. E na verdade é montada a partir dos horários dele. A gente já sabe a hora que ele vai dormir, e é a hora que conseguimos ficar nós dois, assistir um filme", completou Dani.

Henry já é considerado o amuleto do São Paulo. Até agora, sempre que o garoto de dois anos esteve nos braços de Bruno Alves para acompanhá-lo antes das partidas, o Tricolor paulista não perdeu. Agora, os torcedores já podem esperar o segundo talismã vindo por aí.

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.