PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Ela é filha de técnico e namorada de jogador da NBA. Mas foi parar no vôlei

UOL Esporte

13/03/2014 08h26


O sobrenome Rivers é famoso na NBA graças ao trabalho do técnico que teve uma longa trajetória no Boston Celtics, com direito ao título de 2008. Mas quem está chamando a atenção nos últimos meses não é apenas Doc Rivers, mas sua filha, Callie. Em uma família cheia de jogadores de basquete, ela destoou ao virar jogadora de vôlei e recentemente também ganhou as manchetes por seu relacionamento com Paul George, do Indiana Pacers.

VIU ESSA?

  • O tamanho dos seios estava atrapalhando esta inglesa. Mas um zagueiro do Manchester a salvou

Callie é a única filha de Doc, que por outro lado tem três filhos homens. Dois deles foram para o basquete, sendo que o caçula Austin é jogador do New Orleans Pelicans – e, portanto, rival do treinador, que está no Los Angeles Clippers. O terceiro irmão joga futebol americano.

Com 1,85 m, Callie poderia ter seguido este caminho, mas escolheu outro esporte em que a altura faz a diferença. Durante seus tempos de universitária, passou a jogar vôlei, uma modalidade bem menos prestigiada pelo público norte-americano.

Callie sempre foi ativa nos esportes, desde o ensino médio. E junto ao vôlei e ao basquete, era no futebol que ela se destacava, chegando a ganhar o prêmio de melhor jogadora de sua escola em 2006.

Na hora de escolher sua universidade, ela recebeu um convite para ir estudar em Louisiana, mas recusou. Preferiu cursas a Universidade de Miami, e foi lá que se tornou de fato uma jogadora de vôlei.

Callie não virou uma estrela da modalidade, mas chegou a atuar até em Porto Rico, pelo time Leonas de Ponce e segue construindo sua carreira, em busca de uma vaga na seleção dos EUA.

LEIA TAMBÉM

  • Larissa Riquelme sofre assalto violento em Buenos Aires
  • Ela toca piano e estuda matemática, mas é craque mesmo em um esporte de bar
  • Os maridos delas jogam muito no Barça. E elas batem um bolão fora de campo

Mas não é bem pelas habilidades em quadra que Callie acabou ganhando espaço na imprensa, e sim pela vida pessoal. Ela foi ligada a um vídeo íntimo que vazou na época em que namorava Brandon Spikes, jogador da NFL, mas conseguiu esclarecer que não era ela nas imagens – a traição teria motivado o rompimentos entre eles.

Depois, foi namorada de Dexter Strickland, jogador da NBA D-League, e mais recentemente passou a ter um relacionamento com Paul George.

O problema com George foi um escândalo que estourou no último mês fevereiro, com direito a traição e uma suposta gravidez da amante.

O jogador da NBA teria engravidado uma stripper e modelo de Miami chamada Daniela – uma figura sempre vista nos jogos do Heat, segundo a imprensa americana.

Mais que isso, Paul George teria oferecido US$ 1 milhão para que ela abortasse. O caso foi parar nos sites de fofoca dos Estados Unidos e é claro que a imagem não ficou boa para ninguém.

Callie e Paul não se pronunciaram sobre o ocorrido – o jogador apenas pediu privacidade para lidar com sua vida pessoal – e também não tem se relacionado com frequência nas redes sociais, deixando em dúvida o que tudo isso causou.

Hoje, além do vôlei, norte-americana tem se dedicado aos estudos em jornalismo, para tentar ser uma apresentadora de programas esportivos.

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação