PUBLICIDADE
Topo

Blog da Redação

Campeã olímpica é rápida também no amor: noiva em 3 meses graças ao Tinder

UOL Esporte

26/11/2014 06h00

Os famosos também usam o Tinder, aquele aplicativo que facilita encontros românticos. E uma campeã olímpica e apresentadora de televisão conheceu seu noivo assim, por meio da ferramenta. Essa é a história de Amy Williams, britânica que ganhou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Inverno de Vancouver, em 2010, no skeleton (aquele trenó individual em que o atleta desce uma pista de gelo com a barriga para baixo).

A velocidade que levou Amy ao lugar mais alto do pódio também a levará para cima do altar. Por meio do Tinder, ela conheceu o soldado Craig Ham, começou a namorar e três meses depois já está noiva. Hoje com 31 anos, divide a vida pública com os preparativos para o casamento.

Amy atualmente trabalha como apresentadora de um programa de tecnologia na televisão britânica, e já passou por outras atrações, incluindo uma sobre esqui na BBC Two. Bonita e conhecida, a ex-atleta estava desistindo de encontrar um parceiro quando o aplicativo de encontros a ajudou.

"Minha cidade é muito pequena, todo mundo conhece todo mundo, então é difícil conhecer gente nova. Cheguei à conclusão que seria feliz sozinha. Quando o conheci [Craig] foi incrível, parecia que nos conhecíamos desde sempre", contou ela à revista Hello!.

Antes de focar em sua vida amorosa, Amy fez história nos Jogos de Inverno. Ao vencer em 2010, ela se tornou o primeiro atleta britânico a ganhar o ouro em disputa individual depois de 30 anos e a primeira mulher de seu país a faturar a medalha desde 1952. De quebra, ainda quebrou duas vezes o recorde da pista, vencendo com tranquilidade. Faltava apenas sossegar o coração. Graças ao Tinder, não falta mais.

Sobre o blog

A equipe de jornalistas do UOL Esporte seleciona para você os fatos mais curiosos, os vídeos mais divertidos e tudo que viralizou nas redes sociais.

Blog da Redação